10 dicas para saber se você comer muitos hidratos de carbono

Os carboidratos são para o nosso corpo o combustível que nos permite realizar as ações que fazemos no dia-a-dia, já que são os que nos dão energia o suficiente para suportarem a nossa rotina. Esta energia, como você já sabe, vem de calorias, que não são nem muito menos ruins, para o nosso organismo, desde que controlemos. O problema é quando consumimos mais calorias do que as que costumamos gastar, e o nosso corpo entende que deve “guardar” para quando nos façam falta. É assim que começa o pesadelo de pegar quilos a mais.

Uma das causas de ganhar peso costuma estar precisamente em hidratos de carbono, pela ingestão acima da dose diária recomendada de alimentos que os contenham. O outro extremo, o de eliminar quase por completo de nossa rotina alimentar, é igualmente perigoso, já que muitas pessoas ficam sem energia por falta de carboidratos. Não se confunda, é essencial tomar carboidratos Encontrar o meio-termo é realmente importante para que o nosso peso, parar de flutuar, para poder levar uma alimentação saudável, que é a base de uma vida muito mais saudável e equilibrada.

Truques para cozinhar legumes

Como saber se tomar demasiados hidratos de carbono?

Vamos ajudá-lo a ouvir o seu corpo e interpretar o que realmente precisa. Para isso, faça este pequeno teste, respondendo sim ou não, e anote suas respostas:

  • Você ganha peso facilmente quando a sua dieta inclui “carboidratos saudáveis” como legumes ou frutas frescas?
  • Você se sente cansado ou sonolento depois de comer carboidratos?
  • Você se sente menos cancelado depois de ter comido?
  • Com freqüência não pode resistir a levar alguns doces?
  • Você tem problemas para controlar a quantidade de açúcar ou hidratos de carbono que você come?
  • Como mudar de peso com facilidade?
  • Você acha que a energia que você muda abruptamente ao longo do dia?
  • Você tem fadiga mental ou está mais irritado quando você está com fome?
  • Quando você ganha peso, como notas que parece notar-se mais em seu rosto e em seu abdômen, que seus quadris e pernas?
  • Você usa os doces, guloseimas ou seja, quando você se sente cansado, ansioso ou deprimido?

Se respondeu sim a três ou mais destas perguntas, você pode estar comendo mais hidratos de carbono do que seu corpo pode processar de forma eficiente.

dieta rica em hidratos de carbono

Qual é a quantidade ideal de carboidratos que seu corpo precisa?

Presentes em todos os tipos de alimentos, desde o mel e as frutas até os cereais e o leite, os alimentos com mais carboidratos podem constituir um benefício para o nosso corpo, desde que não abusemos deles. Por exemplo, se recomenda a ingestão de cerca de 300 carboidratos diários que provenham de frutas e legumes, cerca de 50-100 dos cereais e também cerca de 30 da fibra. Essa seria a solução mais equilibrada para o consumo diário de carboidratos, tentando evitar o abuso de leite ou o mel, por exemplo. Tudo isso tendo em conta que os hidratos de carbono podem incorrer facilmente mais de 50% de nossa dieta diária.

alguns carboidratos são necessários para o dia

As conseqüências de subir muito desse tanto por cento são consideráveis, especialmente se são os chamados carboidratos simples, que são os que contêm grande quantidade de glicose, e podem levar-nos a ganhar peso com facilidade. Também podem resultar em problemas relacionados com a obesidade, como cardiovasculares. Os carboidratos complexos, presentes em todos os alimentos comentados no parágrafo anterior, são, pelo contrário, nutrientes extremamente necessários não só pela energia que trazem, mas porque nos ajudam a equilibrar a gordura corporal em níveis adequados.

Como conclusão, podemos acrescentar que o consumo responsável de carboidratos em nossa ingestão diária não é a única solução para manter os níveis saudáveis em nosso corpo. Devemos, também, fazer exercício físico para consumir esses carboidratos de mais e que não se transformem em gordura corporal, assim como sempre tentar comer alimentos frescos, muito mais saudáveis.

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *